Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Seções
Ferramentas Pessoais
Página Inicial / Noticias / Castelão Verde: Obra se destaca em aproveitamento de material reciclado

TVC na internet

 
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto

Castelão Verde: Obra se destaca em aproveitamento de material reciclado

A meta de otimização do uso de materiais e recursos na obra de reforma, ampliação e modernização do Estádio Plácido Aderaldo Castelo(Castelão) está sendo executada com eficiência. Desde o início da obra, em dezembro de 2010, todo o material cimentício resultante de demolições está sendo fragmentado, com a utilização de um maquinário finlandês, para reutilização dentro da própria obra. Já foram produzidos 36 mil toneladas de material britado que estão sendo  
utilizados como base e sub-base granular de todos os pavimentos apoiados sobre o solo, como por exemplo, os estacionamentos cobertos Norte e Sul.

A criação da Central de Reciclagem dentro do canteiro de obras do Castelão faz parte de uma série de outras ações adotadas pelo consórcio construtor, formado pelas empresas Galvão Engenharia e Andrade Mendonça, para transformar o Castelão em um estádio verde, sustentável e ecologicamente correto. Além do material cimentício, o aço encontrado no entulho das demolições está sendo enviado para reciclagem em siderúrgica.

Segundo o gerente técnico do consórcio, Paulo Castro, existe ainda um trabalho desenvolvido para compensação de corte e aterro, fazendo com que todo o material de escavação seja usado nas áreas de aterro, evitando o expurgo de pelo menos 75% do material para aterros sanitários. No canteiro de obras do Castelão também foi construída uma central de concreto que produz por dia 350 metros cúbicos de material. “A produção é exclusiva para uso na própria obra”, explica.

Também funciona dentro do aterro uma central de pré-moldado. Ela foi concebida para produzir 12 pilares de concreto por dia ao longo do período de cada fase da obra. A obra de reforma, ampliação e modernização do Castelão é dividida em quatro etapas. Duas já foram concluídas. O gerente Paulo Castro explica que ao final da produção dos pilares, a versatilidade da central de pré-moldados possibilitará sua transformação para a produção dos degraus das arquibancadas do  
prédio principal. Também foi implantado um “lava-rodas” de veículos na saída do canteiro para evitar sujeira no entorno da construção.

E as ações de proteção ao meio ambiente também estarão presentes quando o Castelão estiver pronto. O estádio contará com sistema eficiente de reaproveitamento da água da chuva para a irrigação do gramado. Também será usado um sistema de esgoto a vácuo que resulta numa economia expressiva no consumo de água. Serão gastos apenas 10% da água que seria necessária para o esgoto convencional. Estão sendo usados ainda na nova arena materiais de acabamento com índice de volatilidade baixo, equipamentos e sistemas elétricos com baixo consumo energético e sistemas de iluminação de alto rendimento.

E a preocupação com a sustentabilidade é ainda maior. Estão sendo instaladas na obra portas com selo 100% FSC, selo internacional aprovado pelo Conselho Brasileiro de Manejo Florestal que garante que a madeira extraída vem de florestas de manejo. A coberta do estádio também se destaca por sua inovação tecnológica. A estrutura possui revestimento termoacústico translúcido que vai proporcionar aos torcedores uma sensação térmica mais agradável por suportar os índices de insolação do Nordeste brasileiro, não absorvendo calor e permitindo a circulação de ar dentro do estádio; e um isolamento acústico, o que melhora o acompanhamento dos jogos pela torcida e a transmissão dos jogos.


Com todas essas inovações, o estádio Castelão está preparado para receber um dos principais selos verdes, a certificação internacional Leed, que em inglês significa Liderança em Energia e Design Ambiental. Após a conclusão da obra, o estádio receberá a visita da comissão que concede o certificado que irá avaliar as medidas adotadas. No plano nacional, o consórcio responsável pela obra já obteve o certificado ISO 14001.

 

18.11.2011

Assessoria de Comunicação da Secopa

Lisiane Linhares e Viviane Lima ( lisiane@secopa.ce.gov.br - viviane@secopa.ce.gov.br / 85 3101.6242)

 

Agenda - Agosto 2014

Agosto
SeTeQuQuSeSaDo
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031